Diário de Rorschach: Perdemos!

Diário de Rorschach: Perdemos!

Acho que é isso… Perdemos.

A semana passada foi uma loucura… Literalmente, assim que a fusão entre a Warner e a Discovery acabou, nós ficamos, tipo: 

Vamos, então, começar a organizar essa bagunça. Vamos lá, BEM no início e no melhor “estilo Watchmen“, para entender o porquê perdemos. – Ou será que não?

Diário de Rorschach, 9 de Março de 2022.

Adão Negro, Aquaman e The Flash foram adiados. Executivos elogiaram Batman Vs. Superman.

Sim, quem diria que “A Rocha” que iria mudar a hierarquia da DC para sempre, foi jogada no mar e quicou três meses para frente da sua data original de estreia (de Julho de 2022, para Outubro do mesmo ano). O Rei dos Mares está de folga do trono, também por três meses (calmamente, nadando da estreia em Dezembro de 2022, para Março de 2023). E o “Homem Mais Rápido Vivo”, vai demorar mais sete meses para aparecer nas telonas, em comparação ao seu prazo inicial (de Novembro de 2022, até Junho de 2023).

Há quem diga que ambos os filmes adiaram, apenas, por conta de VFX (sendo que, em média, um filme do gênero precisa de um ano para polir os efeitos). ~ Discutiremos mais sobre esse tópico depois. ~ E, no mesmo dia, surpreendentemente em um artigo, os executivos da WB relataram que se sentem orgulhosos de fazer parte da criação de grandes projetos como Euphoria, Matrix e o tão julgado e ~ até por muitas vezes marginalizado ~ projeto do estúdio, Batman Vs. Superman, causando uma surpresa absurda em todos. ~ Agora, vamos pular um pouco no futuro.

Diário de Rorschach, 4 de Abril de 2022.

Clay Staub posta uma foto de Poltergeist.

A cena, em questão, do clássico longa de 1982, é quando a médium Tangina Barrons examina a casa onde os espíritos estavam, antes de proferir a clássica frase “Esta casa está limpa”. Todo mundo achou esquisito a postagem do Clay, ainda mais com a seguinte legenda: 

No momento, afaste-se…
 Uma imagem vale mais que mil palavras.”

Todo mundo, claramente, ficou sem entender nada, mas a resposta da cena viria no dia seguinte.

Diário de Rorschach, 5 de Abril de 2022.

Jason Kilar e Ann Sarnoff abandonam a Warner Media, em meio a Fusão.

Para a surpresa de alguns e alegria de muitos, os sinais, de que havia uma limpeza extensa sendo feita na WB, eram claros como o dia. Jason Kilar era o CEO da Warner Media e chefe encarregado superior de Ann Sarnoff, que era Presidente e CEO do Studios and Networks Group. Kilar já estava jurado de ser desligado da companhia, desde o anúncio da Fusão, no ano passado. Ann Sarnoff, por outro lado, foi descrita por certos insiders, em matéria da THR, como uma forasteira que não se tornou inclusa, em dois anos no cargo. Sarnoff, segundo muitos relatos, não desenvolveu relacionamentos fortes na comunidade de entretenimento e nem mesmo dentro da própria empresa. Um insider até a apontou como “uma camada invisível” dentro da Warner Media. Jason Kilar, inicialmente, se mostrava um apoiador de Liga da Justiça de Zack Snyder e de uma possível margem de continuidade, igual ele mesmo relatou em posts dos quais ele, posteriormente, apagou:

Eu (e o time @WarnerMedia) ficamos tão impressionados – e comovidos – pela paixão exibida pela fanbase #ReleaseTheSnyderCut. Histórias importam, contadores de histórias importam. Estou emocionado por @ZackSnyder e pela equipe que trará essa história para todos nós, como fãs. Que grande dia.”

E quando um internauta perguntou se os constantes pedidos dos fãs os incomodavam, eis que ele responde:

“De jeito nenhum. Temos muita sorte aqui na @WarnerMedia por ter fãs tão apaixonados – com razão, e eu também sou – por esses personagens amados e universos incríveis.”

Mas, claro, o sonho morreu quando Toby Emmerich assumiu o controle total da WarnerMax, cortando as asas de todos, dentro e fora da companhia. Desde então, Json Kilar passou a ser indiferente com os fãs.

Pouco tempo depois do lançamento da Liga da Justiça de Zack Snyder, Ann Sarnoff, em entrevista com a Variety, disse que estava feliz que os fãs tenham amado o trabalho de Zack Snyder e eles (da Warner Media) estavam muito agradecidos por suas contribuições à DC”. Ela ainda teve a coragem (ou a falta de noção) de dizer que estava feliz por Zack ter concluído sua “trilogia” ~ de cinco filmes a propósito, não três, mas ok ~ e que não iriam lançar o corte de Esquadrão Suicida de David Ayer, o lendário Ayer Cut.

O que aconteceu entre essas 24 horas é história: o dia em que a hashtag #RestoreTheSnyderVerse alcançou o lendário 1 milhão e meio de Tweets, quebrando até mesmo o recorde de Vingadores Ultimato, como o filme mais falado, no Twitter Mundial. ~ Não me admira terem durado tão pouco.

Diário de Rorschach, 6 de Abril de 2022.

A Rolling Stone lança um artigo falando que a WB pode estar tendo problemas com Ezra Miller. 

A Rolling Stone publicou um artigo referente ao seu suposto comportamento em set, onde ele surtava e tinha crises e, depois, relatava que não sabia o que estava fazendo. Anteriormente, no dia 30 de Março, a revista relatou, também, que Miller estaria envolvido numa briga de bar, no Havaí, em 28 de Março, que resultou em sua prisão. Ezra, no entanto, pouco tempo depois, teve sua liberação paga em fiança. E quando parecia que não podia piorar, um casal abriu uma “ordem de restrição” contra Miller, pois afirmava que ele invadiu o quarto do casal, roubou documentos e os ameaçou de morte.

A tal restrição, posteriormente, foi retirada pelo casal, no dia 11, e a decisão em tribunal foi de que o casal jamais poderia acusar Miller do mesmo feito. Poucos momentos depois, Miller foi avistado em um bar, no Havaí, dançante e alegre. O site reportou que um insider havia afirmado que a decisão da Warner Bros. e Discovery seria de suspender os projetos do ator, como a franquia Animais Fantásticos e The Flash, porém nada realmente muito concreto, ou com detalhes que validassem a informação.

Ainda um dia depois, outro insider disse que toda a situação relatada no artigo foi ‘exagerada e sensacionalista’. ~ Sejam quais forem as ações da nova gestão da WBD, o mais sensato e digno a se fazer, seria dar, primeiramente, suporte ao ator e todo o apoio psicológico e emocional, em um momento difícil em que ele e qualquer outro ator/atriz esteja passando, ao invés de puni-los e de jogá-los debaixo do ônibus. Deve haver acolhimento e compreensão acima de tudo!

A Variety e Deadline relataram que Toby Emmerich permanece pós-Fusão.

E eis que o medo se instalou no fandom. ~ Aqui começa realmente o desespero. ~ A Variety postou um artigo que, friamente, dizia que Toby Emmerich permanecerá como CEO da Warner Bros. Pictures, junto com outros executivos de altos cargos. Poucos minutos depois, a Deadline postou um artigo que, também, afirmava que Emmerich continua como CEO e chefe geral da Warner Bros. Pictures, até o momento ~ ênfase no “até o momento”. ~ O artigo revela que ainda é esperado que outros executivos venham a ser desligados da companhia, com o passar das próximas semanas. Porém, o mais curioso é que momentos depois de postarem o artigo, reescreveram o mesmo, adicionando o seguinte trecho:

A partir de agora, nesta situação fluida, todos os executivos que estão saindo, ainda estão aparecendo no site da WarnerMedia em suas posições anteriores.
Dito isso, tem sido muito divulgado que Zaslav, um executivo prático, deve nomear um czar geral do estúdio. Nomes como o chefe de cinema da Netflix, Scott Stuber, o presidente da Disney General Entertainment, Peter Rice, e a ex-presidente da Paramount Motion Pictures, Emma Watts, foram chamados para o trabalho. No entanto, há um grupo de fontes que dizem que um compromisso não é iminente.
Ouvimos dizer que Zaslav tem tudo a ver com o estúdio de cinema e acha que isso precisa ser consertado.”

OBS: Czar era o título que se dava ao Imperador Russo. Os czares governavam de forma absoluta, agindo, politicamente, em função da grandeza do império e da ampliação de seu poder.

Para sanar qualquer medo e desesperança, vamos por partes. Antes de mais nada, o artigo, em seu estado bruto, já denotava incerteza quanto à permanência de Emmerich. ~ Lembram do ‘até o momento’? ~ Porém, o trecho que foi adicionado, não só deu mais ênfase no futuro incerto do executivo na nova companhia, como também adicionou a ideia de que o cargo de Emmerich está sendo disputado por outros executivos, o que poderá resultar em uma mudança, ainda que não de imediato e que Zaslav sente que o estúdio precisa ser consertado. ~ Lembrando que nada precisa de conserto, a menos que esteja quebrado.

Diário de Rorschach, 8 de Abril de 2022.

Fusão é finalizado e Aqualad é anunciado.

A lendária fusão estava pronta. Warner Bros. e Discovery se tornaram Warner Bros. Discovery ~ criatividade mais de 8000 ~, ou simplesmente WBD.

Momentos depois, é anunciado o projeto do herói Aqualad, que será produzido por Charlize Theron, o que mostra que a nova companhia já possui projetos engatilhados, prontos para serem anunciados e que investirá pesado no universo da DC, tanto em streaming, como no cinema.

Diário de Rorschach, 11 de Abril de 2022.

WBD já abriu suas portas para o mercado, com sua estrutura já estabelecida e finalizada. A HQ prequel de The Flash é adiada para o final do ano.

A estrutura da Fusão foi finalizada e Emmerich continua onde está. Porém, há uma ampla gama para se levar em conta do que pode acontecer com ele. Zaslav pode ter optado em mantê-lo, POR ENQUANTO, seja pela comodidade do cargo que já existe para outro executivo assumir (como já foi relatado que há conversas ocorrendo para isso acontecer), seja pelo corte de gastos de ter que demitir Emmerich, o que não sairia muito barato, devido a posição dele na companhia. David Zaslav, em uma entrevista recente com a Oprah, mesmo não querendo entrar em detalhes, disse que está em seus planos cortar gastos desnecessários, o que validaria muito a possibilidade dele estar, apenas, esperando que o contrato de Emmerich expire ao final deste ano.

Vale ressaltar, também, que os responsáveis da HBO Max (que sob o controle de Emmerich, era Warner Max) são JB Perrette e Casey Bloys, que certamente permanecerão em seus cargos. Mesmo a HBO Max sendo um lugar especial para a permanência e crescimento do SnyderVerso, legalmente Hamada e Emmerich ainda possuem controle sobre a área DC, sendo filmes e séries. Logo, enquanto não houver uma mudança nesta área, não haverá nenhum anúncio concreto, a não ser que Zaslav assim o queira e bata o martelo. ~ O que seria muito mais questão do quanto ele está por dentro do que o público realmente quer, como ele sempre diz que quer estar, produzindo conteúdo que o público quer ver. 

Sobre a HQ Prequel do The Flash, no início do artigo, foi dito que houveram delays para os próximos filmes da DC. E que o filme do velocista foi o mais adiado dos três, com um acréscimo de sete meses na pós-produção, fora o seu prazo normal de um ano. ~ O caso aqui, caro leitor(a), é que se o adiamento fosse, apenas, para polir alguns VFX, então por que adiariam a HQ de The Flash, também? ~ Como qualquer produção normal, na pós-produção, em certos casos, são feitas refilmagens para melhorar a fluidez da narrativa ou adicionar algo que está faltando. Porém, acrescentar sete meses em um filme, fazendo contraste, até mesmo, com os outros que possuem apenas três meses de acréscimo? ~ É algo um tanto estranho de se observar.

Como The Flash está carregando nas costas a responsabilidade de consolidar o DCEU em uma coisa só, ~ porque até aqui, nem Jesus na causa ~ introduzir em tela o conceito de Multiverso, apresentar o fator nostalgia com Keaton e, ainda, de quebra canonizar ou apagar de vez um certo SnyderVerso, de repente a ideia de que todo o planejamento em torno do filme e do futuro da DC, nos cinemas, está sendo repensado, deixou de ser doida.

Vale lembrar, também, que desde os primeiros vazamentos de The Flash, era relatado que o Batfleck morreria na trama e daria lugar ao Batkeaton na nova continuidade do DCEU, como foi possível ver nos bastidores da Batgirl. Mas, vale ressaltar, que houveram diversas pesquisas encomendadas pela própria Discovery, que colocavam os dois Batmans em disputa pelo voto popular. Ben Affleck saiu disparado como o Batman favorito em todas. Então, não é muito doido ver isso, como uma pesquisa massiva de campo. Esse é Zaslav se atentando ao que o público realmente quer, como ele disse que faria. ~ Certo?

Diário de Rorschach, 13 de Abril de 2022.

Zaslav quer Responsabilidade acima de Entretenimento, o famoso A>E. E Zack ataca com suas charadas, novamente.

Como relatado em artigo da THR, em estrutura antiga, os executivos, como Toby Emmerich, deveriam reportar à Sarnoff, que reportaria à Kilar e que reportaria a John Stankey, CEO e chefe geral da WarnerMedia. Porém, no novo modelo, Toby deve responder diretamente ao Zaslav. ~ Sem atalhos e sem ajudinha do colega. ~ David Zaslav vai desempenhar um papel extremamente íntimo, quanto à tomada de decisões dos executivos e quer que haja responsabilização acima do entretenimento. ~ Coisa que, até aqui, não vimos. ~ Zaslav tem um histórico de ser um chefe focado em resultados e que, regularmente, costuma chamar seus colegas para uma conversa mais direta. Quando ele perguntar, ele vai querer uma resposta prática.

Em 7 de maio de 2021, ele disse que a nova empresa colocaria a “criação de narrativa, jornalismo e talento criativo, no centro de tudo que fizerem”. Em muitas dessas conferências, com o time da Warner Media e investidores da AT&T, foram denotados os conteúdos que mais tinham ressonância com o público, e entre eles estava a nossa amada Liga da Justiça de Zack Snyder. David Zaslav enfatizou, desde o primeiro dia, que sua prioridade número 1 seria construir relacionamentos com a comunidade criativa e reparar relações. ~ Isso, claramente, põe Zack Snyder na categoria, assim como Christopher Nolan, que também estava descontente com a companhia, como um todo.

Eis que Zack retorna com seus posts mágicos que nos enchem de serotonina. ~ E se vocês lembram bem, ele mesmo disse que não posta nada, sem que tenha um motivo.

Houveram hipóteses de que, talvez, ele e Zaslav já tenham conversado. Seja sobre futuros projetos, seja por um lançamento limitado nos cinemas, isso tudo fica no campo da imaginação. Mas é, no mínimo, curioso o Zack postar algo do tipo, sendo que o mesmo está atolado até o pescoço com Rebel Moon. ~ Curioso demais!

Diário de Rorschach, 14 de Abril de 2022.

Uma nova DC no horizonte.

A Variety lançou um artigo que diz que “executivos da WBD estão fazendo uma ‘revisão’ pesada na DC Films”. No artigo, há o seguinte relato: 

“Antes do fechamento da fusão, Zaslav examinou candidatos com experiência em criar e nutrir propriedade intelectual de grande sucesso, com o objetivo de encontrar alguém para servir como um czar criativo e estratégico, semelhante ao que a Marvel tem em Kevin Feige. Um desses candidatos incluía Emma Watts, da 20th Century Studios e da Paramount, mas não parece que Watts aceitará o cargo. Uma fonte sugeriu que Zaslav estava menos interessado em encontrar um guru criativo e mais ansioso para contratar alguém que tivesse o tipo de experiência empresarial necessária para manter todas as diferentes facções da DC, trabalhando de forma mais harmoniosa. Zaslav acredita que o sucesso da fusão, que deixou a empresa altamente alavancada, dependerá em grande parte do desbloqueio de todo o potencial do universo de personagens da DC Comics. Os especialistas da Discovery acreditam que, embora a DC tenha alcançado sucesso cinematográfico com filmes recentes como “Aquaman” e “The Batman”, falta uma estratégia criativa e de marca coerente. A Discovery acredita que vários personagens de primeira linha, como o Superman, foram deixados de lado e precisam ser revitalizados.”

O artigo prossegue ao relatar, em tom de elogio, que há mais consistência entre recepção crítica e financeira sob o comando de Hamada, desde 2018, quando pegou o DCEU, já arrasado, das mãos de Geoff Johns. Porém, quando analisada a informação, ela mesma se contradiz. Se desde que Hamada assumiu o controle dos filmes e séries da DC, houveram grandes sucessos, como Aquaman e The Batman, ~ achei que citariam mais… Se bem que.. Deixa quieto. ~ por que seria necessário haver uma ‘revisão’ dos filmes da DC e um czar que CONHEÇA a propriedade intelectual e que TENHA um plano de estratégia? ~ Afinal, desde que Hamada chegou, o ‘plano para o DCEU’ virou lenda urbana.

E vou mais além, lembrando quando o SnyderCut foi chamado de uma ‘rua sem saída’, antes mesmo de seu lançamento. O engraçado é que uma rua sem saída não dá margem para prosseguir. Então, como um projeto, antes dito “inexistente” e agora uma ‘rua que não dá em lugar algum’, consegue engajar cerca de 34,7 bilhões de impressões nas redes sociais e 1,5 milhões de tweets em menos de 24 horas? Como pode seu diretor estar, todos os dias, praticamente, no trendtopics, sendo aclamado, até, pelo neto do Jack Kirby? Como pode ter quebrado inúmeros recordes de venda e streaming, em diversas plataformas ao redor do mundo, por meses a fio? Como pode uma “rua sem saída” ser considerada um Fenômeno Global, pela Priya Dogra, Presidente da WarnerMedia?

É de se questionar o planejamento atual e o estado do DCEU, sob tal planejamento desajeitado e que não conhece o próprio cliente, ~ como quando Sarnoff disse que os fãs querem histórias executadas, separadamente ~ e que rivaliza as fanbases da DC, com ela mesma, criando facções. Dentre os favoritos para assumir tal posto, estão Deborah Snyder e Jim Lee, ambos com conhecimento criativo e experiência executiva.

Vale lembrar que, dia 18 de Maio, haverá uma reunião ‘Upfront’ exclusiva da WBD, apresentando o planejamento e conteúdo que serão o combustível da nova companhia.

CONCLUSÃO

E aí? Perdemos? Eu acho que não! Basta aguardarmos. O que é nosso virá. Os sinais são óbvios, basta estarmos atentos aos detalhes sempre.

Contra fatos, não há argumentos.

#RestoreTheSnyderVerse


Já conhece o nosso Portal no Twitter?
Entre para o Fandom, acompanhe as novidades e faça parte dos Movimentos pró-Zack Snyder!

Jonathan Halfen

Amante de música, filmes e teorias sobre tempo/espaço. Ávido guerreiro, luta pelas nerdices que ama. Vida longa ao Multiverso.

One thought on “Diário de Rorschach: Perdemos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.