Um ano depois de Liga da Justiça de Zack Snyder, a restauração do SnyderVerse está mais claro do que nunca

Um ano depois de Liga da Justiça de Zack Snyder, a restauração do SnyderVerse está mais claro do que nunca

Um ano atrás, algo considerado inimaginável aconteceu: a Liga da Justiça de Zack Snyder, foi lançada.

Antes daquele dia fatídico, o até então Snyder Cut – o corte original do diretor do blockbuster de super-heróis de 2017 – era um mero mito. No entanto, graças a uma apaixonada e implacável campanha de fãs, a verdadeira visão de Snyder, para o filme, viu a luz do dia. Ganhando da Warner Bros. até um financiamento adicional para concluir seu trabalho. Hoje, a versão de Joss Whedon – que tem um enredo drasticamente diferente – está praticamente esquecida.

Desde então, não houve mais trabalho continuado no SnyderVerse (a visão de Zack Snyder para o Universo Estendido da DC), e o diretor passou para outros projetos na Netflix. No entanto, está cada vez mais claro do que nunca, o SnyderVerse deve continuar.

Primeiro, vale a pena ressaltar que a Liga da Justiça de Zack Snyder sai do universo cânone da DC. Se uma sequência – Snyder imaginou três filmes da Liga da Justiça no total – receber luz verde, não há preocupação que atrapalhará os planos atuais da Warner Bros. para o universo cinematográfico atual, do qual quer seguir. Basta olhar para o sucesso de The Batman, que ultrapassou a marca de US$ 500 milhões nas bilheterias mundiais, para provar que os mini-universos funcionam: o filme de Robert Pattinson é totalmente desconectado dos demais títulos da editora nos cinemas, há exemplo: Aquaman, Mulher-Maravilha e Coringa.

O universo principal da DC também está abraçando totalmente o multiverso, com o filme The Flash pronto para trazer de volta o Batman de Michael Keaton, junto com a versão do personagem de Ben Affleck. O conceito do multiverso já foi um sucesso com o grande público graças ao filme Homem-Aranha: Sem Volta pra Casa, então por que não abraçar isso ainda mais e permitir que o SnyderVerse conte a história épica em que começou?

Restaurar o SnyderVerse também é fundamental para manter as principais figuras do universo DC. O futuro de Clark Kent, de Henry Cavill, não é claro. Atualmente, a Warner Bros. tem dois projetos separados de Superman em andamento – uma série Val-Zod produzida por Michael B. Jordan e um filme focado em um Superman Negro, com JJ Abrams e Ta-Nehisi Coates – mas não há nada anunciado para Cavill. Considerando que atualmente temos nada menos que três Batman’s em live-action, podemos facilmente ter três Superman’s, especialmente se eles existirem em universos separados.

Snyder também imaginou introduzir um Lanterna Verde no universo DC, com Wayne T. Carr interpretando John Stewart, mas isso foi retirado da Liga da Justiça porque a Warner Bros. já tinha planos para o Lanterna Verde (um show da HBO Max, sem Carr está em andamento). Novamente, entendemos o multiverso, e ter a versão de Carr do super-herói é uma perspectiva empolgante. Depois, há o Exterminador de Joe Manganiello, o Coringa de Jared Leto e o Caçador de Marte de Harry Lennix – todos personagens com grande promessa e que receberam pouco tempo de tela injustamente. Continuar o SnyderVerse pode corrigir isso e permitir que eles floresçam.

Tudo isso sem mencionar que a Liga da Justiça não está unida desde 2017, e aparentemente não há planos para que isso mude tão cedo. Até mesmo o final da série Pacificador – que trouxe de volta o Aquaman (Jason Momoa) e o Flash (Ezra Miller) – usou silhuetas substituindo a Mulher-Maravilha (Gal Gadot) e o Superman (Henry Cavill), removendo completamente a presença de Ciborgue e Batman. Esse momento agitou a internet, então há uma vontade óbvia de ver esses personagens juntos novamente.

A Liga da Justiça de Zack Snyder termina com Darkseid revelando-se como uma grande ameaça ao universo, Superman voltando à vida e Ciborgue abraçando seu verdadeiro potencial de super-herói. Há muito o que contar, e está claro que a história do Snyder Cut está longe de terminar.

E, um ano depois, o apetite dos fãs só aumentou. As hastags #ZackSnydersJusticeLeague e #RestoreTheSnyderVerse são tendências regulares no Twitter. O próprio Snyder também nunca se afastou definitivamente do universo, e frequentemente posta sobre as produções em suas redes sociais.

Está claro que o futuro do universo DC deve incluir o SnyderVerse. Isso pode parecer inimaginável para alguns, mas coisas estranhas costumam acontecer. Afinal, um corte do diretor, de quatro horas, para Liga da Justiça, não é a coisa mais comum a se acontecer.

Via: GamesRadar+

Já conhece o nosso Portal no Twitter?
Entre para o Fandom, acompanhe as novidades e faça parte dos Movimentos pró-Zack Snyder!

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.