Exército de Ladrões pode resolver o maior problema de Army of the Dead

Exército de Ladrões pode resolver o maior problema de Army of the Dead

O filme prequel, ocorre seus anos antes dos eventos de Las Vegas, apresentando Ludwig Dieter (Schweighöfer) em seus primeiros dias de arrombamento de cofres, quando ele é contratado por uma mulher misteriosa para realizar um assalto.

Apesar de ostentar um elenco exemplar e várias sequências de ação de tirar o fôlego, o enredo de Army of the Dead foi considerado um pouco inconsistente. O aspecto de mistura de gênero não funcionou a favor do filme, já que a narrativa da trama não se comprometeu sinceramente com o aspecto zumbi ou roubo, resultando em uma “confusão” de tom. Além disso, devido à presença de uma infinidade de personagens em Army of the Dead, a trama falhou em adicionar um desenvolvimento significativo para a maioria de seus personagens, que encontram sua morte antes que o público tenha a chance de se conectar de verdade.

No entanto, esses problemas podem ser corrigidos na narrativa de Exército de Ladrões: Invasão da Europa (Army of Thieves), pois a premissa é mais simplificada, permitindo espaço para um desenvolvimento mais eficaz dos personagens. O filme seguirá um plano semelhante de um assalto de alto risco e uma equipe para realizá-lo, porém, o foco central será definitivamente diferente, pois os eventos ocorrem nos estágios iniciais do surto de zumbis. Com Dieter fazendo parte da equipe, fica certo que o aspecto zumbi será um plano de fundo distante da trama, já que em Army of the Dead o personagem afirma que nunca lutou contra um zumbi antes.

“Mais cofres. Menos zumbis.”

Em alguns pôsteres, a frase slogan trabalha com “menos zumbis”, e se o filme tiver menos ação, será muito mais condensado, tenso e narrativamente equilibrado, em comparação com o Army of the Dead. Será interessante testemunhar como uma trama de roubo tradicional pode ser emocionante e frenética. Embora Army of Thieves seja um prequel, é possível que certas pistas visuais e narrativas possam oferecer mais informações sobre as razões exatas por trás do surto de zumbis, enquanto introduz revelações interligadas aos personagens chaves da franquia.

Em essência, Army of the Dead tinha um potencial imenso para explorar sua tradição sobre zumbis e amarrar as pontas soltas, porém, talvez essa tenha sido a direção optada, já que recentemente foi confirmado a continuação direta do filme, ainda sem título.

Army of Thieves pode mergulhar mais fundo nas origens de Zeus, o rei zumbi, e as regras de hierarquia que governam os mortos-vivos neste universo. Além disso, como o destino de Dieter em Army of the Dead é deixado em aberto, a prequel pode oferecer uma visão maior da psique do personagem e adicionar legitimidade às muitas teorias que giram em torno da franquia como um todo.

Exército de Ladrões: Invasão da Europa também é estrelado por Nathalie Emmanuel, Ruby O. Fee, Stuart Martin, Guz Khan, Jonathan Cohen e Noémie Nakai. Com lançamento programado para 29 de outubro de 2021, na Netflix.

Via: ScreenRant.

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.