Army of Thieves é fortemente baseado no Ciclo do Anel e na Mitologia Nórdica

Army of Thieves é fortemente baseado no Ciclo do Anel e na Mitologia Nórdica

Em entrevista a Inverse, Zack Snyder falou sobre sua inspiração para produção do filme que antecede os eventos de Army of the Dead, o novo filme da Netflix, Exército de Ladrões: Invasão da Europa (Army of Thieves).

Bem, há uma tonelada de coisas que me inspiram. Quando estávamos escrevendo Army of the Dead, fizemos um mergulho profundo na mitologia nórdica. Na época, eu estava desenvolvendo minha série animada de mitologia nórdica para a Netflix, na qual estou trabalhando agora. Meu amigo Adam Forman é um grande fanático do Ciclo do Anel. Nós apenas conversamos sobre isso; Houve um tempo em que pensávamos: ‘Devíamos fazer nosso próprio Ciclo do Anel [em um] filme de mitologia nórdica’. Uma coisa levou a outra, e então estávamos conversando sobre Gotterdammerung e acabou com a ideia de que Twilight of the Gods era uma metáfora na época para esse tipo de apocalipse zumbi.

Os personagens, literalmente, estavam em seu próprio Ragnarok. Eles são esses personagens de Deuses em potencial neste universo Army e não percebem que são eles que estão se destruindo. E conforme o universo avança, tudo isso se desenrola ainda mais. Se fizéssemos outro Army of thhe Dead, você veria que há mais finais wagnerianos chegando para todos. Basicamente, Ragnarok está a caminho. Foi tão divertido que, quando fomos fazer este filme, ficou óbvio para mim que [isso] seria o que focaríamos: esse personagem Hans Wagner que era obcecado por Richard Wagner por estar batizando seus cofres com diferentes nomes do Ciclo do Anel.

Apesar de Zack não estar dirigindo Army of Thieves, ele esta envolvido totalmente na história e produzindo um universo de sua autoria. Como ele falou recentemente que não tinha pensado em repassar a direção, caso tivesse uma Liga da Justiça 2, foi perguntado como foi entregar um filme que faz parte do universo Army para outro diretor.

Nossa ideia original era fazermos esses pequenos filmes spinoff, em diferentes mercados, em diferentes línguas estrangeira. Eles deveriam estar todos em alemão. E esses pequenos filmes iriam todos alimentar Army of the Dead. Então, este filme, não quero dizer que ficou gigantesco, mas cresceu na escala que precisava crescer. Nós apenas começamos a fazer mais em inglês. Então fez sentido, desde o início, que fosse Matthias dirigindo. Eu me diverti muito assistindo.

Army of Thieves estreia dia 29 de Outubro, na Netflix.

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.