OPINIÃO | A dislexia e a arte de Zack Snyder

OPINIÃO | A dislexia e a arte de Zack Snyder

Entender a Dislexia é uma questão de Utilidade Pública

Antes de mais nada, gostaria de dizer que SIM, você tem todo direito de desgostar das obras ou estilo do Snyder. Mas, em hipótese alguma, o direito de zoar com sua condição. Zack tem dislexia, que é um Distúrbio de Aprendizagem, principalmente relacionado à leitura.

Dislexia é tentar ler alguma coisa e as letras “dançarem” na sua frente. Não tem a ver com absorção de conteúdo, ou falta de inteligência. É possível vencer a “dificuldade” de leitura, com algumas estratégias, como a leitura dinâmica. Em alguns casos, ações medicamentosas.

Além disso, tais estratégias que estimulam a leitura, a escrita e a visão necessitam do apoio de toda uma equipe, que contém pedagogo, psicólogo, fonoaudiólogo e neurologista. Zack já comentou na entrevista que cedeu para o nosso Portal, que recebeu ajuda durante a infância.

Também comentou sobre sua preferência por audiobooks e sua facilidade com a arte. Há uma frase que diz “A arte não ajuda a dislexia. A dislexia ajuda a arte”. Isso porque, treinando sua concentração, consegue focar melhor nos detalhes daquilo que vê ou ouve.

A importância da dislexia na arte de Snyder

É verdade que uma pessoa disléxica precise se esforçar mais do que uma pessoa normal para interpretar um texto. O que não quer dizer que exista algum problema no processo de interpretação, seja por falta de base ou por condição pré-existente. Mas também é verdade que ao se focar nos destalhes, ela enxerga algo conceitualmente óbvio, que uma pessoa normal não vê. E as obras do Zack são complexas por isso.

Achar que vai olhar para suas obras e enxergar com facilidade o seu “conceito óbvio”, é não entender o que a dislexia faz com tudo o que Zack põe a mão. Sucker Punch, Watchmen, Batman vs. Superman, O homem de Aço, Liga da Justiça de Zack Snyder estão aí que não nos deixa mentir. Então, ao invés de desmerecer o Snyder por conta de sua condição, condição esta que nada tem a ver com QI, ou aplicar uma piada a um Distúrbio de Aprendizagem, não te faz esperto ou superior… só um preconceituoso babaca e totalmente ignorante, que está longe de entender a complexidade e grandeza da mente do Zack.

No entanto, acho curioso que para defender alguns “piadistas” da condição de dislexia do Snyder, algumas pessoas exigem o entendimento do “contexto de um meme”, mas não fazem o mínimo sobre entender o contexto nas obras do Zack. Qualquer “piada” envolvendo leitura, sobre uma pessoa disléxica, não é engraçado. “Zack não entende de quadrinhos” ao lado de “porque ele não sabe ler”, é ofensivo. E se você não enxerga isso, o problema não é de quem o defende, mas de quem não é capaz de enxergar o tal contexto da situação.

Em tempo: Se não entendeu de primeira alguma obra do Snyder, não se sinta inferior. Reveja, focando nos detalhes. Quando assim o fizer, conseguirá expandir a mente e entender porque a fórmula ‘fast food’ vem perdendo a graça, a força e o interesse do público.

Equipe SnyderCutBR


Já conhece o nosso Portal no Twitter?
Entre para o Fandom, acompanhe as novidades e faça parte dos Movimentos pró-Zack Snyder!

Raquel

Professora, palpiteira, resenhista, revisora, back-end, crítica dos haters, primeira-dama e Staff do SnyderCutBR. Uma entre os mais de 10 mil loucos, insanos, crentes, ~cultistas~, snydetes, stans, fãs, apoiadores, seguidores de Zack Snyder, de suas obras e do nosso Portal. Participante assídua do Release e #RestoreTheSnyderverse, no Brasil, CDF na escola, Nerd na vida adulta. Mergulhei de cabeça na DC e pra sair do padrãozinho, dei uma chance pra cultura asiática, transitando entre os dois universos culturais. 🤭🤫😘

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.