Os “fãs” precisam entender o tamanho da Liga da Justiça

Os “fãs” precisam entender o tamanho da Liga da Justiça

Vingadores, Quarteto Fantástico, Esquadrão Suicida, X-Men… Não são poucos, os grandes grupos das histórias em quadrinhos. Entre heróis famosos e grandes histórias, todas as equipes têm seu tamanho e importância, mas quase nenhuma delas consegue se aproximar da grandeza da Liga da Justiça.

Chega a ser injusto comparar a Liga com alguma outra equipe. Superman, Batman e Mulher Maravilha, sozinhos, já são tão grandes, quanto todos os outros heróis somados. Colocando Cyborg, Aquaman e Flash, fica até imoral fazer qualquer comparação com as outras equipes, mesmo que essas tenham várias contribuições e sejam super importantes, principalmente os X-Men.

Ser o segundo maior não é demérito, longe disso. Os X-Men merecem e são, de fato, o maior grupo da Marvel. Mas a Liga é diferente, é mais imponente. Aliás, são deuses entre nós, os melhores do mundo. A Liga da Justiça é a junção do que há de melhor e mais épico em nós, e consegue fazer isso sem ser brega, forçado ou puro fan service. (Sim, estou falando dos favoritos do estúdio, no momento).

Falando dos queridinhos, é importante ressaltar que a “Liga” voltou a aparecer em uma série da HBO MAX. Com aspas, já que apenas quatro membros apareceram e não fizeram nada. Talvez, por que gera engajamento? E era mesmo necessário? O Superman, que hora está sem cabeça ou só é visto como silhueta, preferiu planar a ajudar uma pessoa ferida. É difícil entender o caminho que as coisas estão tomando na DC, e esse caminho nebuloso afeta totalmente a Liga. Não vejo problema em abraçar a galhofa, também gosto de rir. O problema é ridicularizar tudo, fazer piadas totalmente ofensivas e destruir uma imagem construída há décadas. Mas como tudo na vida, há uma solução.

Poucos diretores têm a mania de grandeza tão grande, quanto Zack Snyder. Grandeza, essa, que se encaixa perfeitamente no tamanho da Liga da Justiça. É notável a megalomania do diretor em seus filmes, principalmente quando envolve o universo DC. Batman Vs. Superman, por exemplo, conseguiu fugir de ser “uma briga fútil” e se imortalizou como um “noir de investigação, intriga, manipulação e ressurreição”.

Zack Snyder pode e deve continuar sua saga com a Liga da Justiça. Não digo que apenas ele seja capaz, mas vimos a equipe nas mãos de dois diretores diferentes e o resultado foi péssimo. Dito isso, é imprescindível o retorno de Snyder para reconduzir a Liga da Justiça até o seu merecido trono. E ainda dizem que quem quer ver a Liga com a grandeza que lhe é devida não é um verdadeiro fã da DC.

#RestoreTheSnyderVerse


Já conhece o nosso Portal no Twitter?
Entre para o Fandom, acompanhe as novidades e faça parte dos Movimentos pró-Zack Snyder!

Lucas Gomes

Fã do cinema e de trilhas sonoras, aprendi a amar a DC muito cedo, encontrando nos filmes de Zack Snyder ideais para levar por toda a vida. Aproveite a jornada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.