OPINIÃO | Por que Zack Snyder incomoda tanto?

OPINIÃO | Por que Zack Snyder incomoda tanto?

“Por que Zack Snyder incomoda tanto?”. Já tem um tempo que busco responder essa pergunta. Em meu primeiro artigo de opinião, levantei todas as hipóteses e explanei as possíveis razões para a Warner não querer o Zack de volta. Dos relatos apresentados, poderia dizer que já seriam motivos suficientes para responder, também, a esta indagação. Mas é preciso nos aprofundarmos um pouco mais e, neste texto, vim disposta a isso. Para tanto, pedi para o nosso redator Lucas Gomes me ajudar nesta empreitada. ~ Preparados?

🎶 Um SnyderCut incomoda muita gente. Um Snyderverse incomoda, incomoda, incomoda muito mais. 🎵

Antes, se leu isso cantarolando no ritmo da canção, entregou a idade. ~ Ademais, e voltando ao assunto, não querendo parecermos raivosos, apontando dedos, nem nos servindo de soberba para apresentarmos os motivos que levantamos, por serem mais recorrentes, mas fato é que alguns são um tanto ‘difíceis de engolir’. No entanto, são os mesmos motivos, por outro lado, que tornam o Zack Snyder um diretor diferenciado, com o título de visionário e conquistando multidões. Só por aí, podemos concluir que trata-se de uma questão de gosto. E gosto é subjetivo. ~ Mas será, mesmo, só isso?

RELAÇÃO SNYDER x WARNER

Como falamos no nosso primeiro artigo de opinião, a relação de Zack Snyder com os, até então, executivos da Warner (Toby Emmerich, Walter Hammada e Ann Sarnoff) não é das melhores. Mais pelo lado da própria Warner, do que pelo do Zack. No entanto, não sabemos o real motivo, apenas especulamos algumas prováveis motivações. ~ E não, não é porque o Zack Snyder é ruim ou porque seus filmes não fizeram bilheteria. ~ Como provamos em nossa matéria “Os verdadeiros números do SnyderVerse“, bilheteria foi o que não faltou.

De todo modo, o que é possível afirmar é que Snyder incomoda estes executivos da Warner (que aos poucos, estão saindo, a exemplo de Ann Sarnoff). ~ Valeu, Zaslav! Grande dia! ~ E, neste texto de opinião, vamos adentrar e nos aprofundar no que consideramos motivos suficientes para tanto incômodo, para além do óbvio.

PRECONCEITO

Zack é um símbolo de superação e um exemplo a ser seguido. Tendo dislexia, um transtorno que causa um aumento na dificuldade de aprendizagem, afetando diretamente a leitura, o diretor se supera a cada dia para entregar o melhor para os seus fãs. Na entrevista que Zack Snyder nos cedeu, em Fevereiro de 2021, ele falou um pouco sobre a Dislexia e como ele superou a dificuldade, dando dicas para quem tem o diagnóstico do distúrbio. Além disso, nos contou que superou as barreiras da dislexia, através de audiobooks e da arte. Apesar dos problemas, Zack nunca viu, na dislexia, uma trava, mas uma maneira de retratar e ajudar àqueles que sofrem, através de suas obras. ~ O que será explicado mais pra frente!

Será que, por ser um exemplo de vitória contra os obstáculos, ou seja, um ponto fora da curva, Zack sofra esse preconceito desmedido? Talvez, sim. E não seria novidade na indústria que condena tudo aquilo que julga como “imperfeito”.

HUMILDADE

E por falar em julgamento da indústria, mais um ponto em que Zack se destaca é no modo de tratar todos ao seu redor. Sério, pergunte a qualquer um que tenha trabalhado com ele. Não existem reclamações, só elogios pelo diferencial do diretor, sempre solícito e presente, participando de cada etapa de produção de seus filmes. Um fato que prova isso é que, após a saída de Zack da direção de Liga da Justiça, o clima nos bastidores do filme só piorou. Ao que tudo indica, os atores ficaram chocados com o jeito de Whedon trabalhar, o que já era conhecido, desde a passagem turbulenta, do diretor, pela Marvel.

E não somente ao elenco e equipe de apoio, mas Snyder é um cara totalmente acessível, até mesmo, para os fãs, ouvindo, conversando, dando importância aos pequenos portais… ~ Também porque foi através deles, que conseguiu alavancar a sua versão para Liga da Justiça.

ESTILO DE FILMAGEM

Além das características acima, Zack também tem um estilo bem único de trabalhar, que consegue ser visto, de longe, em qualquer uma de suas obras. Carro-chefe, e que simboliza os principais trabalhos de Zack, o uso da câmera-lenta se tornou um dos alvos dos haters para dizer que os filmes do diretor são chatos, mas isso não faz o menor sentido! A prática de filmar com a câmera em velocidade reduzida, prova o apreço do diretor pelos detalhes em seus filmes.

A cena do Flash, que ganhou um Oscar recentemente, é a prova disso. Snyder poderia ter ido pelo fácil e só colocado o velocista pra correr, certo? Mas não, Zack foi além. Filmou e editou, com carinho e com uma perspectiva não vista antes, todos os detalhes da corrida no Campo de Aceleração, mostrando a reconstrução do universo, enquanto voltava no tempo. Não é surpresa que a cena tenha sido coroada vencedora em uma disputa com concorrentes tão fortes, pelo público.

Além disso, é bom ressaltar as outras marcas do diretor, como a câmera livre e os tons escuros, que aproximam o espectador da obra em si e conectam as pessoas ao filme que estão assistindo. O fato de Zack explorar todos os tipos de filmagens, provavelmente, não agrade todos, mas é exatamente o que alegra os fãs do diretor. ~ Afinal, é o que se espera de um visionário, não?

ESTILO DE ENREDO

Conectar um fã de quadrinhos aos filmes em meio à saturação do mercado é difícil, mas Zack consegue. Diferentemente de todos os outros, Zack Snyder traz a sua experiência como fã, para os fãs, sabendo o que cada um espera ver de suas obras favoritas. A maneira épica com que retrata as histórias e seus desdobramentos, o jeito em que transforma seus personagens em ícones imortais, trazendo discussões diárias sobre eles, são marcas registradas de Zack.

Snyder é, por tudo que representa, um dos nomes mais interessantes do mercado, mesmo que queiram esconder isso a todo custo. Tem quem ache que para ser fiel aos quadrinhos, basta colorir tudo e saturar as imagens, além de colocar cuecas por cima das calças dos personagens e “abraçar o ridículo”. Não, não mesmo. Ser fiel aos quadrinhos é tratar os personagens como merecem, não como piadas ambulantes e de cunho sexual. ~ Sim, vocês entenderam a referência!

HUMANIZAÇÃO DOS DEUSES

Para Zack, retratar, fielmente, os seus heróis favoritos é dar a impressão de que são deuses entre nós, mas não perfeitos e imunes às preocupações humanas. Não, eles são tão humanos, quanto nós, e é aí que o trabalho de Snyder se destaca dos demais. Ele desconstrói os personagens, espelhando as maiores dificuldades humanas neles, fazendo os personagens estarem em nosso mundo, com todos os nossos problemas e arcando com as consequências de seus atos. ~ Algo incomum na indústria dos filmes de quadrinhos. ~ Batman e Superman são exemplos de depressão, ansiedade e medo por se acharem “não suficientes” para o que precisam encarar. O lado humano dos heróis é mais importante que piadas sem graça, e isso não é muito bem visto pelos haters. ~ Mas quem liga pra eles?

O que é possível enxergar em todas as obras de Zack Snyder, porém, é a inspiração na Jornada do Herói, de Joseph Campbell. Zack apresenta uma preocupação inquestionável na construção do personagem, enfatizando a persona, a psique e o legado, tal como qualquer humano. De maneira ilustre, ele apresenta os dilemas e as inseguranças, bem como as vitórias e as alegrias singelas de seus personagens, fazendo com que os espectadores consigam se ver neles, como poucos diretores conseguem fazer. Essa inspiração fica evidente em todo personagem principal de suas tramas, seja o herói do quadrinho, ou seja a coruja da sua animação.

OPOSTO AO MODELO MARVEL

Muitas vezes, entender a narrativa complexa do Zack carece atenção e paciência. Ele não entrega a solução e a proposta de maneira rápida, pelo contrário, muitas vezes faz com o que espectador precise refletir a respeito da história e criar inúmeras hipóteses, antes de sua finalização concreta. ~ O que, convenhamos, pode não agradar o público que prefere enredos e narrativas mastigadas. ~ Além disso, ele não faz filme para gerar números, mas para prender o espectador, apresentando seu fan-service de maneira épica, onde os detalhes estão nas fotografias, no CGI e no visual.

VISUAL

O cinema foi introduzido pelos irmãos Lumiere para ser uma expressão artística e cultural, e Zack Snyder leva isso a sério. Cada frame, cada detalhe e cada momento do seu filme são formas de arte traduzidas para o mundo tão exausto da repetição. É uma fuga de toda a reprodutibilidade técnica que há nesse mundo, e isso causa muito incômodo para os que estão no poder, como é de praxe em todas as atividades do mundo, não só do cinema.

PREOCUPAÇÃO SOCIAL

Zack tem um cuidado excepcional com as narrativas, construindo universos complexos e paradoxais, além de trazer, sempre que pode, uma crítica social para dentro de suas obras. ~ Quando você se dá conta, já aprendeu um novo conceito de valor e moral. E isso é para poucos! ~ Em algumas de suas obras, trabalhou com perfeição a importância da Saúde Mental, a Representatividade Feminina e a Inclusão diversificada de personalidades. ~ No entanto, há quem prefira uma Seção da Tarde ‘mais do mesmo’…

POPULARIDADE

Em 2016, era moda criticar Zack Snyder por Batman Vs. Superman. Seis anos depois, Snyder se viu com a base de fãs mais fiel do mundo, que lhe deu dois Oscars e segue fazendo campanha para que termine sua história na DC. Por conta de todo esse amor que recebe, Zack tem sido alvo de uma avalanche de ódio, impulsionada por pessoas que não conhecem o amor e a admiração que o diretor recebe diariamente. É orgânico, não precisa de promoção ou impulsão. Zack recebe o amor que coloca em seus filmes, e é muito. Porém, quanto maior Zack se torna, maior é o ódio em cima dele. Mas, pelo menos como ele próprio nos disse na entrevista que nos cedeu:

“Críticas são, meramente, críticas”. ~ Zack Snyder.


E aí, concorda com a gente? Curta, comente, compartilhe! Obrigada pela leitura e até a próxima!

Já conhece o nosso Portal no Twitter?
Entre para o Fandom, acompanhe as novidades e faça parte dos Movimentos pró-Zack Snyder!

Raquel

Professora, palpiteira, resenhista, revisora, back-end, crítica dos haters, primeira-dama e Staff do SnyderCutBR. Uma entre os mais de 10 mil loucos, insanos, crentes, ~cultistas~, snydetes, stans, fãs, apoiadores, seguidores de Zack Snyder, de suas obras e do nosso Portal. Participante assídua do Release e #RestoreTheSnyderverse, no Brasil, CDF na escola, Nerd na vida adulta. Mergulhei de cabeça na DC e pra sair do padrãozinho, dei uma chance pra cultura asiática, transitando entre os dois universos culturais. 🤭🤫😘

6 thoughts on “OPINIÃO | Por que Zack Snyder incomoda tanto?

  1. Tá, sou suspeito pra falar mas…

    Nunca vi definições tão boas sobre esse “problema” que as pessoas tem com o Snyder. Ah, quero ver mais de você aqui, hein, Raquel! Boraaaaaa
    #RestoreTheSnyderVerse

  2. Ele pressiona os nervos certos, mesmo que faça isso de maneira não proposital. E o fato que ele é adorado pelo seu trabalho incomoda ainda mais quem supostamente diz ditar o que deve ser curtido ou não. #RestoreTheSnyderverse

  3. O maior motivo com certeza é o estilo oposto ao da Marvel, realmente parece que existe uma lei conspiratória pra abraçar o ridículo, tipo “filme bom é aquele colorido, cheio de piadas e com todos os personagens servindo de alívio cômico”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.