OFF | Crítica sobre DC Liga dos SuperPets

OFF | Crítica sobre DC Liga dos SuperPets

DC Liga dos SuperPets é um filme cativante e apaixonante. Mas, se está esperando assistir uma animação mais madura da DC nos cinemas, “vai devagar, cowboy!”. Isso porque os trailers mostraram, desde o começo, o que podíamos esperar da produção da Warner Animation Group:

  • Trailer:
  • Sinopse: Em DC Liga dos SuperPets, Krypto, o Super-Cão e Superman são melhores amigos inseparáveis, que combatem o crime lado-a-lado, em Metrópolis. Ambos compartilham os mesmos superpoderes. Quando Superman e os membros da Liga da Justiça são sequestrados, Krypto deve convencer um bando de atrapalhados animais de um abrigo da cidade – Ace, o Batcão; PB, A Poderosa Oinc; Mirtes, a Tartaruga-Foguete; e Chip, O Esquilo – a dominar seus poderes recém-descobertos e ajudá-lo a resgatar os super-heróis.

Minhas Impressões

Passadas essas informações básicas, você deve ter consciência de que se trata de uma produção focada no público infantil. DC Liga dos SuperPets é diferente da fórmula que, muitos de nós, estamos acostumados, quando se trata de animação e DC. A nova animação é diferente das histórias densas, que facilmente poderiam ser adaptadas para um filme live-action. Além disso, é exclusiva para os cinemas, se diferenciando das animações lançadas diretamente nas plataformas digitais.

DC Liga dos SuperPets, claramente, chega para inserir a criançada no universo da DC, de maneira fácil, fluída e trazendo a fonte de como tudo começou. Com um toque de tudo o que já vimos desses heróis em tela, é fácil cativar esse novo fã, nos minutos iniciais. Ao mesmo tempo leva a audiência adulta à nostalgia, apenas com um leve acorde da icônica trilha de John Williams, para Superman.

Com efeito, apesar da animação não ser sobre a Liga da Justiça, o tempo de tela que a equipe tem é satisfatório. Neste sentido mata, um pouco, a saudade que todos temos de ver o maior time de herói da cultura pop reunida. DC Liga dos SuperPets, não se leva a sério, e está aí o diferencial. Não é uma produção para isso. É uma produção para assistir com filho(a), sobrinho(a), afilhado(a), irmã(o) ou primo(a) mais novo(a), para conhecer esses personagens e futuramente, navegar em outras vertentes.

Dessa forma, tudo isso é muito bem apresentado, trabalhando com aquilo que o público infantil mais gosta: animais de estimação. Fica quase impossível não conseguir conectar qualquer público, usando este tema.

Conclusão

No elenco de vozes originais, temos nomes de peso, como: Dwayne “The Rock” Johnson, Kevin Hart e Keanu Reeves. No entanto, assistimos dublado e como todos sabem, de fato, a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. A propósito, é sempre muito bom vermos personagens do nosso universo favorito, nas vozes familiares de Guilherme Briggs, Flávia Saddi, Francisco Jr., Wendel Bezerra, entre outros. Sem contar na adaptação das piadas, que dão um tom divertido, trazendo para a nossa cultura.

Sem dúvida, DC Liga dos SuperPets traz uma mensagem linda de lealdade e amor entre tutores e bichinhos. Mostra, também, que nem tudo é tão lindo… Portando, deixe reservado um lencinho, se for sensível.

A Warner Animation Group trabalhou, sutilmente, a campanha de adoção de pets, mostrando que todos nós podemos fazer uma “super” ação. De tal forma que coloca uma pulguinha atrás da orelha, te fazendo avaliar se não é a hora de acrescentar mais um membro em sua casa.

A nova animação é aquele tipo de filme para ver com a família, seja ela humana ou de pet. E uma dica? Aguarde a cena pós-crédito. Tenho certeza que vai adorar a provocação para o próximo… Bom, assista e saberá! Depois volte aqui para me contar o que achou.

NOTA: 9,0
O filme DC Liga dos SuperPets estreia, nos cinemas brasileiros, dia 28 de Julho de 2022.

Já conhece o nosso Portal no Twitter? Confira nossas Cabines de Imprensa e Críticas do Portal sobre as Obras do Snyder! Acesse, também, o nosso site anexo, UmDCnauta, para ficar por dentro das principais notícias das produções cinematográficas!

Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.